Pegamos vários equipamentos com excesso e ou falta de pasta térmica, demonstrando uma completa falta de conhecimento pra uma correta aplicação deste tão importante produto para um perfeito arrefecimento da CPU, trazendo assim uma maior durabilidade e estabilidade em todo funcionamento do computador e ou notebook

Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ^78F5DEA48C2F60C514A2156DB6B2B0763606642A02FB8E26AC^pimgpsh_fullsize_distr.jpg
Visualizações:	13
Tamanho: 	98,4 KB
ID:      	3856

Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         ^BC4ECBA9DEEF051217BE53C8B3167FE1DAF384DD5833708F0D^pimgpsh_fullsize_distr.jpg
Visualizações:	14
Tamanho: 	95,8 KB
ID:      	3857

Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         d0e6a09ab13d3fab83338678224775ba.jpg
Visualizações:	12
Tamanho: 	44,6 KB
ID:      	3859 Clique na imagem para uma versão maior

Nome:	         023ff5a0.jpg
Visualizações:	12
Tamanho: 	21,5 KB
ID:      	3858



A Nottec sempre procurando a formação
e correção em procedimentos errados postamos este vídeo, para poder formar um melhor técnico e usando um produto com qualidade comprovada


Procedimento correto:

1. Se a pasta for de má qualidade provavelmente o Dissipador estará como que colado a CPU - IMPORTANTE NÃO FORÇE - pois pode danificar o Socket da placa mãe e ou ainda danificar o processador.

2. Estando colado ligue a máquina por alguns minutos e ou use ar quente para amolecer e poder soltar facilmente o Dissipador

3. Agora a limpeza, Com Álcool Isopropílico Limpe bem a superfície tanto do dissipador, quanto do processador retirando toda a pasta térmica velha. Havendo excesso de pasta que escorreu sobre outros componentes e ou pinos do processador efetue a devida limpeza - nunca deixe pasta antiga e sobreponha nova pasta.

4. Aplique uma pequena quantidade da nova pasta térmica, pois usa função é preencher pontos microscópicos que poderão existir entre o processador e o dissipados, então a pasta preenche estes vazios havendo uma perfeita condutividade térmica entre processador e Dissipador sendo resfriado pelo cooler.

5. Pasta em excesso em vez de ajudar MAIS, na verdade prejudica o processo de arrefecimento do processador, pois em excesso a pasta se torna um isolante e não um condutor térmico.

6. Agora que dúvidas foram sanadas, assista a este vídeo para estar 100% seguro no seu dia a dia executando a correta aplicação da Pasta térmica